História

Os Salesianos, nas pessoas do P. Pedro Baron e do Clérico Agenor Passos, chegaram em Itajaí nos primeiros dias do mês de fevereiro de 1956, a fim de assumirem a direção do Ginásio de Itajaí, até esta data, dirigido por uma S/A.

Ao assumirem a direção do Ginásio, os Salesianos mantiveram em funcionamento as quatro séries então existentes.

Agenor Passos dedicou-se, desde logo, na organização da Secretaria, para que as aulas daquele ano pudessem iniciar a cinco de março, como de fato iniciaram, com 245 alunos matriculados.

No ano seguinte, mais de 500 alunos se matricularam no Ginásio. O Corpo Docente era formado por cinco sacerdotes e dois seminaristas, todos com carga horária de trinta horas semanais. Havia também a colaboração de professores leigos.

A direção do Ginásio foi confiada ao P. Pedro Baron, italiano de origem e naturalizado brasileiro. Sua capacidade administrativa demonstrada anteriormente oferecia segurança e confiança em todos os que com ele trabalhavam.

Em janeiro de 1960 iniciaram as obras de construção do novo prédio.

Foto antigo do Colégio Salesiano

Hoje, o Colégio conta com um ginásio de esportes, quadras cobertas e à céu aberto, área específica para a Educação Infantil e uma grande estrutura para trabalhar com seus mais de mil alunos.

Colégio Salesiano

Em 2008 foi inaugurado um novo prédio, de quatro andares, com novas e mais espaçosas salas de aula, além de uma nova sala de informática, sala de formação e de multimeios. Localizado nos fundos da Educação Infantil, o novo prédio conta ainda com um espaço para confraternizações e eventos.

Veja mais sobre a história da Congregação Salesiana aqui.

Para ver a galeria dos diretores, clique aqui.

História de Dom Bosco I - Um sonho profético

História de Dom Bosco II - O amigo dos jovens

História de Dom Bosco III - Com a cara e a coragem

História de Dom Bosco IV - Apóstolo dos tempos modernos